"Serve a presente para solicitar aos membros do Conselho Diretivo do Sporting Clube de Portugal, na pessoa do Presidente, o Dr. Frederico Varandas, que, pela estabilidade, pelo bem e pela glória do Sporting Clube de Portugal, se recandidatem nas próximas eleições aos órgãos sociais", indica.

Na missiva, assinada pelos antigos presidentes António Dias da Cunha, Filipe Soares Franco, José Roquette, Pedro Santana Lopes e José de Sousa Cintra, é assinalada a "dimensão das dificuldades" e os "desafios colossais" que os atuais responsáveis encontraram, destacando a "dignidade recuperada".

"Em virtude da obra feita, das reformas estruturais implementadas, é justo que continuem o excelente trabalho que está em curso. Foram conquistados muitos títulos, nacionais e internacionais, com uma cadência e regularidade como há muito o país não via", justifica, salientando o título nacional de futebol de 2020/21.

Os signatários, entre os quais estão várias figuras emblemáticas dos 'leões', consideram que o Sporting "está bem entregue", instando a direção presidida por Frederico Varandas a recandidatar-se nas eleições marcadas para 05 de março, no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

"Defenderam princípios e valores. Criaram condições para formar e vencer. Conseguiram, transversalmente, em todas as modalidades, fazer uma revolução de mentalidade em termos competitivos. Essa terá sido, porventura, uma das maiores conquistas deste mandato", reforça a carta.

Frederico Varandas foi eleito em setembro de 2018 o 43.º presidente do Sporting, sucedendo a Bruno de Carvalho, que tinha sido destituído do cargo em junho desse ano, no ato eleitoral do clube com maior participação de sempre, com 22.510 sócios votantes.

RPC // RPC

Lusa/fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para que não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.