Depois do anúncio da entrada no MXGP, parece que a Beta vai apostar também no AMA Motocross já em 2022!

Jeremy Van Horebeek será o “ponto de lança” da marca transalpina neste novo projeto mas pode haver novidades do outro lado do Atlântico.

A revista Motocross Action afirma que a Beta está confiante que o primeiro ano no MXGP vai fazer desenvolver muito a moto e, com isso, os italianos esperam poder estar competitivos para fazer alinhar uma equipa oficial no AMA Motocross em 2022.

Van Horebeek está “impressionado com a leveza da moto e com a estabilidade da ciclística. A minha Honda de 2020 curvava bem mas a Beta é ainda melhor. Precisamos de desenvolver o motor porque acho que nessa área estamos um pouco abaixo. Temos tempo para desenvolver a moto e é isso que é divertido neste projeto e que fez acreditar nele.”

:.

(Foto: Cabro)