"Trata-se de um homem, de 41 anos, que se encontrava em território nacional há cerca de três meses, para onde se deslocou logo que teve conhecimento que era procurado em Espanha, por suspeita da prática do crime de abuso sexual de crianças, situação que vinha ocorrendo desde o ano de 2012", lê-se num comunicado da PJ.

"O cidadão estrangeiro, com mandado de detenção europeu, emitido pelas autoridades judiciárias de Espanha, foi presente ao Tribunal da Relação de Lisboa, que determinou que ficasse a aguardar os ulteriores termos do processo de extradição sujeito à medida de coação de prisão preventiva", adianta o comunicado.

IMA // JMR

Lusa/fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.