Ataques informáticos levam a dezenas de buscas, incluindo a órgão de comunicação social

Duas dezenas de buscas domiciliárias e uma busca a um órgão de comunicação social estão hoje em curso, numa investigação relacionada com ataques informáticos a servidores que alojam sites do Ministério Público e PJ, entre outras entidades, divulgou o MP.

Segundo informação da Procuradoria-Geral da República, entre os factos em investigação encontram-se os ataques informáticos a servidores que alojam sites do Ministério Público, da Polícia Judiciária, do Conselho Superior da Magistratura, da EDP e da Comissão da Carteira Profissional de Jornalista.

No âmbito da operação foram emitidos sete mandados de detenção, com vista a apresentação dos detidos ao juiz de instrução, para aplicação de medidas de coação.

Em causa - adianta a PGR - estão crimes de acesso ilegítimo, de dano informático, de sabotagem informática (todos da Lei do Cibercrime) e ainda de associação criminosa, previsto no Código Penal.

A investigação é dirigida pelo Ministério Público, que é coadjuvado pela PJ.

FC // SO

Lusa/fim

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Motores, Atualidade, Entretenimento, Lifestyle, Tecnologia e Desporto.

Subscreva para receber no seu email, a dose diária recomendada de informação, sem contraindicações.