Web Summit chega a Loulé. Vai ser o tema do Carnaval

Para além do desfile, o Baile de Gala vai reunir os foliões no Palácio do NERA, que vai vestir a roupa de Panteão Nacional para os receber. A ideia é recriar o tão falado jantar de encerramento.

Para além do desfile, o Baile de Gala vai reunir os foliões no Palácio do NERA, que vai vestir a roupa de Panteão Nacional para os receber. A ideia é recriar o tão falado jantar de encerramento.

A febre do Web Summit já chegou aos foliões. A edição deste ano do Carnaval de Loulé, um dos carnavais mais antigos do país, tem como tema a maior conferência de tecnologia e empreendedorismo do mundo, que nos últimos anos tem tomado de assalto a cidade de Lisboa.

Cartaz do Carnaval de Loulé 2018.DR

De 11 a 13 de fevereiro, os foliões do sota-vento algarvio vão parodiar o evento de Paddy Cosgrave neste que é apelidado de “Carnaval Summit de Loulé”. Serão 14 carros alegóricos a percorrer as ruas da cidade, num ano em que o corso vai ser realizados nos três dias seguidos.

Assim, todos os carros terão de ser alusivos à tecnologia, com toda a decoração do recinto a combinar com o tema. A organização fala da criação de “um mundo virtual” no sambódromo. Ainda assim, os foliões também poderão cumprir a tradição e apostar na sátira social, com muitas das personalidades nacionais e internacionais a estarem “presentes”: Cristiano Ronaldo, Vladimir Putin, Angela Merkel ou Mário Centeno.

Para além do desfile, o Baile de Gala, a decorrer na noite de segunda-feira, dia 12, vai reunir os foliões no Palácio do NERA, que vai vestir a roupa de Panteão Nacional para os receber. A organização quer assim recriar o tão falado jantar de encerramento do Web Summit, que juntou umas centenas no mítico monumento nacional.