“Grand Captur”: Renault aposta em novo SUV compacto

A Renault vai desenvolver um novo crossover do segmento B - que poderá apelidar-se 'Grand Captur' -, revelou Rafael Vazquez, diretor da fábrica de Valladolid, Espanha, ao site Automotive News.

A Renault vai desenvolver um novo crossover do segmento B - que poderá apelidar-se 'Grand Captur' -, revelou  Rafael Vazquez, diretor da fábrica de Valladolid, Espanha, ao site Automotive News.

A Renault terá assim um segundo SUV subcompacto que será produzido em Valladolid, ao lado do Captur, e que deverá chegar ao mercado em 2019.

Embora ainda não tenha nome, o futuro SUV compacto francês poderá vir a chamar-se Grand Captur - se a marca francesa replicar o que fez em relação aos Scenic e ao (maior) Grand Scenic.

Recorde-se que a marca francesa anunciou o ano passado um investimento superior a 600 milhões de euros para produzir um novo modelo em Valladolid  - onde, além do Captur, também é produzido o elétrico Twizy -, juntamente com uma nova variante do motor Diesel de 1.5 litros.

Vazquez revelou que parte da verba será aplicada no aumento da linha de produção. Contudo, está previsto que a produção anual possa manter-se nas atuais 250 mil unidades/ano.

O Captur foi o SUV mais vendido da Europa no 1.º semestre - com um volume de vendas de 112.586 unidades - de acordo com os dados compilados pela JATO Dynamics.

Foto: Renault

Ao introduzir um segundo modelo SUV, a Renault seguirá o exemplo da  Opel/Vauxhall que vende atualmente o Mokka X e o Crossland X.