Rali de Marrocos: Antoine Méo primeiro líder, Joaquim Rodrigues melhor português

Início da última ronda da época

Já arrancou a 10ª edição do Rali de Marrocos, quinta e última prova da presente época do Campeonato do Mundo de Cross Country e Ralis. Num evento que vai decidir o título de 2017 teve o hoje lugar um Prólogo de 12.16 quilómetros, onde os 15 primeiros têm a oportunidade de escolher o seu lugar de partida para a etapa de amanhã.

Desta forma o primeiro líder da prova foi alguém que nem está envolvido na batalha pelo título no caso Antoine Méo. Aos comandos da nova KTM 450 Rally o piloto francês – ausente nas últimas duas jornadas – bateu por 34s dois dos seu colegas de equipa, Sam Sunderland e Matthias Walkner. Estes dois pilotos foram os mais bem colocados entre os homens que discutem o título mundial.

Seguiu-se o campeão do mundo em título Pablo Quintanilla, enquanto o único piloto oficial da Yamaha em competição, Adrien Van Beveren, fechou o top cinco.

Quanto aos portugueses o melhor representante foi Joaquim Rodriges, que estreia nesta prova a nova Hero (Speedbrain). O piloto da Hero MotoSports foi o nono mais veloz e ficou a 1m13s do topo da folha de tempos. Mário Patrão foi 12º, enquanto Paulo Gonçalves, que está na luta pelo título, quedou-se pelo 14º posto. Já o seu companheiro de equipa, Kevin Benavides, que também discute o campeonato foi o melhor representante da Honda ao assinar o sétimo tempo. Nota ainda para o quarto piloto português em prova, Hugo Lopes que obteve o 50º tempo.

Para amanhã os concorrentes têm a primeira etapa do Rali de Marrocos, que ligará Fez a Erfoud. No total serão 272.8 quilómetros cronometrados.