MXGP: Kevin Strijbos de KTM em 2018

Piloto belga foi forçado a deixar a Suzuki

Depois de uma longa ligação com a Suzuki, o experiente piloto belga foi forçado a procurar uma nova equipa para 2018 com o anúncio da saída da marca de Hamamatsu do Mundial.

Pois bem no próximo ano, em MXGP, Kevin Strijbos representará a Standing Construct KTM, equipa belga que recebe apoio da estrutura de Mattighofen. Strijbos terá como companheiro de equipa Valentin Guillod numa formação que regressa ao Mundial após um ano de ausência.

“Estou muito contente por assinar contrato com a Standing Construct KTM. É uma equipa que já provou no passado, quando vencia Grandes Prémios em MX2, que é muito profissional e bem organizada para além de ter o conhecimento do que é necessário ter para estar ao mais alto nível”, disse Kevin Strijbos.

O piloto belga revelou ainda que recebeu “ofertas de outras equipas”, mas o facto de ter a garantia de que na Standing Construct KTM teria apoio da fábrica para competir com os pilotos da frente fez com que a “tomada de decisão fosse rápida”.

Strijbos, que o ano passado foi fustigado pelas lesões, deixou ainda uma palavra para o seu antigo mentor na Suzuki. “Agradeço ao Sylvain Geboers tudo o que fez por mim. Foi um dos homens que, há muitos anos, trouxe-me para o topo do motocross e que sempre acreditou no meu valor durante todo este período”.

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Desporto, Atualidade, Entretenimento, Tecnologia, Lifestyle e Motores.