Mercedes-Benz com trimestre recorde de vendas

A Mercedes registou em setembro o seu 55ª mês consecutivo de aumento de vendas e um crescimento de 11,7% nos primeiros nove meses, para mais de 1,7 milhões de unidades.

A Mercedes-Benz registou em setembro o seu 55ª mês consecutivo de aumento de vendas, com 220.894 unidades e um crescimento homólogo de 11,7% nos primeiros nove meses do ano, para mais de 1,7 milhões de unidades.

Foto: Daimler

Com uma progressão de 7,9%, o período de julho e setembro foi o melhor trimestre de sempre da Mercedes-Benz, com 573 mil unidades vendidas em todo o mundo, o que lhe valeu a liderança entre as marcas premium em importantes mercados, como a Alemanha, França, Itália, Espanha, Suíça, Polónia, Áustria, Portugal, Japão, Austrália, Taiwan, EUS, Canadá, México e Brasil. Em Portugal, a Mercedes subiu ao terceiro lugar absoluto da tabela de vendas de ligeiros de passageiros.

“O entusiasmo dos nossos clientes por SUV confirma o nosso trabalho”, referiu Britta Seeger, administradora responsável pelo marketing e vendas, em comunicado. “Em setembro tivemos um novo máximo e entregámos mais de 78 mil SUV a clientes, ultrapassando a anterior melhor marca por mais de 7500 unidades”, adiantou.

Na Europa, setembro fechou acima das 100 mil unidades, fazendo subir o total acumulados nos primeiros nove meses para quase 723 mil unidades, um recorde histórico para a marca. Novos máximos de vendas foram atingidos em França, Espanha, Bélgica, Suíça, Suécia, Polónia, Áustria e Portugal.

Na região da Ásia-Pacífico foi também atingido um novo máximo de nove meses, com mais de 661 mil unidades, 22,9% acima dos registos dos primeiros nove meses do ano passado e com máximos de vendas na china, Japão, Austrália, Taiwan e Índia. Na China, as vendas progrediram 29,9%, para 443 mil unidades.

Foto: Mercedes-Benz

O bom momento da Mercedes-Benz deve-se não apenas aos SUV, mas sobretudo ao sucesso no Classe E (berlina e station), que registou em setembro 32.178 unidades, 15,5% acima dos números do mês homólogo do ano passado. No cumulado dos nove meses até setembro, o Classe E está 57,4% acima de 2016.

As vendas de SUV totalizaram 78.277 unidades nos primeiritos nove meses, com recordes de vendas do GLA, GLC, GLC Coupé e Classe G.

As vendas de drams cars somaram 131.572 unidades de janeiro a setembro, correspondente a uma subida homóloga de 27,3%.

A Smart, marca de citadinos que integra com a Mercedes-Benz o Grupo Daimler, vendeu 12.761 unidades em setembro, fazendo o acumulado no ano subir para mais de 100 mil unidades. A Europa continua a ser o maior mercado da marca.

A Daimler já anunciou que até 2020 a Smart passará a ser uma marca de veículos elétricos na Europa e na América do Norte.

Fonte_ Daimler