McLaren Senna: 2,8 segundos para ir dos 0 aos 100 km/h

A McLaren revelou o seu novo hiperdesportivo que será exibido ao público no Salão de Genebra que se inicia a 8 de março: o McLaren Senna que pretende ser uma homenagem ao piloto de F1 brasileiro Ayrton Senna.

A McLaren revelou o seu novo hiperdesportivo que será exibido ao público no Salão de Genebra (que se inicia a 8 de março): o McLaren Senna que pretende ser uma homenagem ao piloto de F1 brasileiro Ayrton Senna.

A marca britânica detalhou também os números do hiperdesportivo que terá apenas 500 unidades produzidas:  motor V8 Biturbo com capacidade para debitar 800 CV de potência e 800 Nm de binário. O que se traduz numa performance estonteante: apenas 2,8 segundos para uma aceleração dos 0 aos 100 km/h e 6,8 segundos para atingir os 200 km/h. A velocidade máxima, essa, fixa-se nos 340 km/h.

O McLaren Senna conta com uma profusa utilização de fibra de carbono - tanto no chassis e carroçaria como no interior - e a uma aerodinâmica aprimorada que permitem não ultrapassar os 1200 kg de peso (1198 kg).

A produção dos 500 exemplares será realizada inteiramente à mão nas instalações da marca no Reino Unido - cada modelo levará perto de 300 horas a estar pronto. O que acaba por impactar o preço final: cerca de 847 mil euros.

Detalhes técnicos

  • Motor: V8 4.0 biturbo
  • Caixa: automática de dupla embraiagem e 7 velocidades em modo manual
  • Tração: traseira
  • Potência: 800 CV
  • Binário: 800 Nm
  • Peso: 1.198 kg
  • Jantes: 19 (frente) e 20 (traseira) polegadas

No seu email. Sem contraindicações.

De segunda a sábado, consulte os especialistas em Desporto, Atualidade, Entretenimento, Tecnologia, Lifestyle e Motores.