Grupo Daimler intensifica produção de baterias para veículos eléctricos

O Grupo Daimler vai investir mil milhões de Dólares na sua fábrica em Vance, no estado de Alabama, EUA, para produzir veículos eléctricos e packs de baterias com capacidade anual de pelo menos 10 gigawatts-horas para a nova gama EQ.

O Grupo Daimler vai investir mil milhões de Dólares na sua fábrica em Vance, no estado de Alabama, EUA, para produzir veículos eléctricos e packs de baterias com capacidade anual de pelo menos 10 gigawatts-horas para a nova gama EQ.

A produção deverá arrancar nos primeiros anos da próxima década e estão previstas mais fábricas destinadas ao fabrico de baterias e veículos eléctricos.

Até 2022 o Grupo Daimler prevê electrificar toda a sua linha de veículos de passageiros, disponibilizando mais de 50 modelos eléctricos (100% eléctricos e híbridos) de todos os tamanhos e segmentos. O Primeiro Mercedes-Benz EQC sairá da linha de montagem em Bremen em 2019.

Numa altura em que indústria automóvel investe cada vez mais em mobilidade eléctrica com a perspectiva de oferecer uma alternativa viável ao motor de combustão, a capacidade de armazenamento energético das baterias é uma variável determinante. A Mercedes não declarou quantas baterias consegue produzir anualmente.

A Volkswagen avisou que poderá ser necessário instalar um total de 1.500 gigawatts-horas em baterias para corresponder à procura em 2025.

Antes de anunciar o investimento na fábrica de Alabama, a Daimler afirmou que irá produzir veículos eléctricos Mercedes-Benz EQ na Alemanha e na China. A produção chinesa será realizada em parceria com a BAIC Motor.

[Fotografia de capa: Mercedes Generation EQ]