GP Japão F1: Jenson Button só no ‘papel’ de embaixador

Presença do britânico não passou despercebida em Suzuka

A presença de Jenson Button em Suzuka não passou despercebida a todos os que se deslocaram este fim de semana ao Grande Prémio do Japão, fazendo crescer rumores de um possível regresso do britânico às lides de piloto de F1. Mas para além de se tratar da corrida onde a Honda corre ‘em casa’, nada mais parece indicar que o motivo seja o de regressar em breve aos comandos de um dos F1 da McLaren. Isto a julgar pelas palavras do diretor da equipa sobre o assunto.

Eric Boullier deixou bem claro sobre o que espera de Button: “Penso que ele está à procura de um lugar para correr e obviamente que nós não temos nenhum. Mas ele é um embaixador e ficaríamos contentes se continuássemos a trabalhar com ele num papel que sirva as duas partes. Mas no que diz respeito a correr não temos nada ele”. Recorde-se que este ano o piloto britânico, que resolveu retirar-se temporariamente da F1, tripulou um Honda NSX GT500 nos 1000 Km de Suzuka