F1: Daniel Ricciardo está numa encruzilhada

Daniel Ricciardo tem pela frente uma decisão muito difícil...

Daniel Ricciardo tem pela frente uma das decisões mais difíceis da sua carreira na Fórmula 1. Tendo em conta que o seu contrato termina no final deste ano, isso também sucede com vários outros pilotos de ponta. Tendo em conta que vai haver lugares muitos bons disponíveis, para além da Red Bull, o australiano vai levar algum tempo a decidir, pois essa decisão irá determinar o que pode ainda Ricciardo fazer na F1 de melhor comparativamente ao que tem feito até aqui.

O australiano continua a ser hipótese para ficar mais tempo na Red Bull, a equipa quer que fique, mas também pode aproveitar as eventuais saídas de Kimi Raikkonen da Ferrari e Valtteri Bottas da Mercedes., no fim deste ano. É para aí que Ricciardo aponta como alternativa à Red Bull, mas o problema dele neste momento… é qual.

“Ainda não passei o ponto mais alto da minha carreira na F1, estou ainda a aprender, mas já não tenho 23 anos” começou por dizer ao Motorsport.com: “Por isso, o próximo contrato que assinar será o que vai ser o dos melhores anos da minha carreira na F1, e será o tudo ou nada em termos de lutar pelo título de F1 ou não. É por isso que estou a levar tempo a decidir. Quero assinar por mais do que um ano, por isso tenho que acertar na escolha.”

Para Ricciardo, a questão é bem simples. Se a Red Bull melhorar, e se nivelar com a Mercedes e Ferrari, fica em Milton Keynes, se tiver garantias de equidade com Max Verstappen. Se for para a Mercedes ou Ferrari, terá por mais algum tempo colegas de equipa como Sebastian Vettel ou Lewis Hamilton, perfeitamente bem integrados nas suas equipas, mas também poderá ter um carro bem melhor do que tem agora (logo veremos este ano como tudo evolui). Daí, a decisão difícil…