Autoeuropa avança com horário contínuo a partir de fevereiro

Depois de dois pré-acordos chumbados pelos trabalhadores, a Autoeuropa deverá avançar unilateralmente com um novo horário contínuo (24h) a partir do mês de fevereiro, indica o Diário de Notícias de hoje.

Depois de dois pré-acordos chumbados pelos trabalhadores, a Autoeuropa deverá avançar unilateralmente com um novo horário contínuo (24h) a partir do mês de fevereiro, indica o Diário de Notícias (DN) de hoje.

A administração da Autoeuropa alertou os trabalhadores, através de um comunicado interno ao qual o DN teve acesso, para a "necessidade de ter, no início do novo ano, um modelo de trabalho que responda às encomendas dos clientes para a primeira metade de 2018 - sob risco de entrarem em incumprimento".

A laboração contínua foi assim a fórmula encontrada pela empresa para que a Volkswagen não desvie parte da produção do T-Roc para outras fábricas da marca na Europa.

Já segundo o Jornal de Negócios, os novos horários serão apresentados no próximo dia 15 de dezembro aos trabalhadores da fábrica de Palmela.

Recorde-se que, para satisfazer o ritmo de produção do T-Roc, a Autoeuropa já recebeu um investimento de 667 milhões de euros e contratou 2120 funcionários desde o início do ano.