Web Summit nas redes sociais: os melhores momentos do dia 4

Paddy Cosgrave, Kevin Bandy, da Cisco Systems, Caitlyn Jenner, ativista pelos direitos dos transexuais, e Marcelo Rebelo de Sousa foram alguns dos protagonistas deste último dia de Web Summit.

Paddy Cosgrave, Kevin Bandy, da Cisco Systems, Caitlyn Jenner, ativista pelos direitos dos transexuais, e Marcelo Rebelo de Sousa foram alguns dos protagonistas deste último dia de Web Summit.

A segunda edição do maior evento de tecnologia e empreendedorismo da Europa em Lisboa chegou esta quinta-feira ao fim. Paddy Cosgrave, CEO e fundador do Web Summit, Kevin Bandy, responsável da área digital da Cisco Systems, Caitlyn Jenner, ativista pelos direitos dos transexuais, e Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, foram alguns dos protagonistas deste quarto e último dia de Web Summit. Aqui ficam alguns dos melhores momentos.

1. Web Summit e Portugal, um “casamento perfeito”:

Paddy Cosgrave, CEO e cofundador do Web Summit.

ECO - Economia Online

Paddy Cosgrave disse esta manhã, na tradicional conferência de imprensa de último dia, que o Web Summit poderá continuar a crescer em dimensão depois de 2018, ou seja, há a possibilidade de se poder alastrar a mais locais da cidade, para além do habitual Altice Arena e da Feira Internacional de Lisboa (FIL): “Lisboa tem outros espaços para onde o Web Summit pode crescer. E essa é uma possibilidade que devemos, com certeza, considerar”.

Contudo, quando questionado sobre a continuidade do evento em Lisboa, além do acordado, Paddy foi evasivo: “Se perguntares a um jogador o que é que ele vai fazer no final do jogo, ele nem consegue pensar nisso antes de o jogo acabar. Não tenho planos para as próximas 12 horas”. De qualquer forma, admitiu haver um “casamento perfeito” entre o Web Summit e Portugal.

Ver Tweet de @sapo

2. Tecnologia não vem substituir os humanos:

O responsável da área digital da Cisco Systems, Kevin Bandy, disse, numa entrevista à Lusa, que a tecnologia não vem “para substituir os humanos” naquilo que fazem, mas sim “criar mais produtividade”, dando o exemplo da própria Cisco: “Não se vê a Cisco e outras empresas inovadoras a dizerem que querem tornar o trabalho autómato, mas antes que a tecnologia aplicada irá criar mais produtividade para as pessoas”. Bandy mencionou, ainda, que Portugal está a desenvolver capacidades neste setor.

Ver Tweet de @KevinFBandy

3. Empreendedores têm de arriscar:

“Acredito que a coisa mais importante a fazer é tentar. Hoje em dia, 99% das ideias morrem porque as pessoas não tentam”. Quem o disse foi o CEO da Science4You, Miguel Pina Martins, durante uma conferência centrada em companhias portuguesas com rápido crescimento. Na mesma conferência, o cofundador da Pure Cotton, Ricki Madsen, considerou que “Portugal tem muito para oferecer”, dispondo de “muito talento e de muita criatividade”.

Miguel Pina Martins, CEO da Science4you

Miguel Pina Martins, CEO da Science4you

ECO - Economia Online

4. Investidores já reconhecem as vantagens competitivas de Portugal:

O presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), Luís Castro Henriques, disse no final da sua intervenção no Growth Summit que “ao contrário do ano passado, os investidores já têm uma ideia concreta das nossas vantagens competitivas”, fazendo um balanço “muito positivo” da segunda edição do Web Summit.

Ver Tweet de @aicep

5. Cambridge Analytica nunca trabalhou com a Rússia para eleger Trump:

Ao contrário do que se possa pensar, a Cambridge Analytica nunca trabalhou com a Rússia para garantir a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016, garante o presidente executivo da empresa que forneceu dados políticos ao atual presidente dos Estados Unidos, Alexander Nix: “Nós não fizemos qualquer trabalho com a Rússia nesta eleição. Mais: nós nunca iríamos trabalhar com um ator estatal, uma terceira parte, nas eleições [dos EUA]”.

Ver Tweet de @mruiandre

6. Caitlyn Jenner votou em Trump, mas não o apoiou:

Caitlyn Jenner, ativista pelos direitos dos transexuais

ECO - Economia Online

Numa sessão de perguntas e rsepostas, Caitlyn Jenner, ativista dos direitos dos transexuais, admitiu que votou em Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos, simplesmente porque não vota em democratas: “Nunca votei num democrata, ia votar em qualquer candidato republicano, mas não o apoiei e nunca falei sobre ele”. Quando questionada sobre se voltaria a votar em Donald Trump, caso ele se candidate em 2020, Caitlyn disse que tudo “pode acontecer”.

Ver Tweet de @dislexicus

7. Renault, Nissan e Mitsubishi vão incluir carros autónomos:

Ogi Redzic, responsável pela área dos carros conectados e da mobilidade da Renault, Nissan e Mitsubishi

ECO - Economia Online

Ogi Redzic, responsável pela área dos carros conectados e da mobilidade da Renault, Nissan e Mitsubishi, disse numa conferência de imprensa que a frota destas marcas irá incluir, a partir de 2020, carros autónomos: “A partir de 2020 vamos chegar às cidades, mas tem de haver um crescimento gradual. Só nessa data é que podemos operar veículos sem intervenção humana”.

8. António Costa mostra-se confiante com o Orçamento do Estado que apresentou:

António Costa, primeiro-ministro

ECO - Economia Online

Questionado esta tarde, no Altice Arena, sobre as dúvidas colocadas esta manhã pela Comissão Europeia, o primeiro-ministro, António Costa, mostrou confiança: “Estamos tranquilos. Se compararmos o que a Comissão disse hoje com o que disse no passado, vemos que neste momento os receios são menores. O presidente da Comissão disse na semana passada ser uma ‘pequena questão’. Estamos confiantes no orçamento que apresentámos e na capacidade de o executar”.

9. Lifeina vence concurso de pitch:

Lifeina criou o ‘frigorífico mais pequeno do mundo’.

ECO - Economia Online

A startup francesa de distribuição e armazenamento de medicamentos, Lifeina, venceu a edição de 2017 do concurso de pitch do Web Summit. O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira pela presidente do júri do pitch, Daniela Gerd tom Markotten, no palco principal, antes de Al Gore subir ao palco.

Ver Tweet de @srlm

10. “O meu papel aqui é recrutar-vos para resolver o problema”:

Al Gore falou de alterações climáticas no Altice Arena, no último dia de Web Summit em 2017.

ECO - Economia Online

O ex-vice-presidente norte-americano, Al Gore, esteve em Lisboa para fechar o Web Summit. Ao mesmo tempo que elogia a ação dos empreendedores que veio “recrutar” para a sua causa, garante que os EUA vão cumprir o seu papel no acordo de Paris “independentemente do Presidente Trump”. Al Gore termina o seu discurso, agradecendo às tecnológicas que estão presentes no Web Summit e a contribuir com o seu trabalho para criar soluções amigas do ambiente.

Ver Tweet de @antoniocostapm

11. Marcelo Rebelo de Sousa: 5 minutos. 5 palavras.

Marcelo e Paddy Cosgrave no último dia de Web Summit.

ECO - Economia Online

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, acompanhou Paddy Cosgrave, CEO do Web Summit, nas despedidas desta segunda edição do Web Summit. No palco principal, perante um Altice Arena completamente cheio, Marcelo resumiu o seu discurso em cinco pontos fundamentais, não deixando de agradecer a Paddy e aos portugueses pela “revolução”.