Wall Street recupera mas não escapa a pior semana em seis anos

Os principais índices abriram a sessão em alta, a recuperar de novo mini-crash de quinta-feira. Dow Jones e S&P 500 avançam 1%.

Os principais índices abriram a sessão em alta, a recuperar de novo mini-crash de quinta-feira. Dow Jones e S&P 500 avançam 1%.

As ações norte-americanas iniciaram a sessão em alta, a recuperar de nova derrocada na quinta-feira. Os principais índices bolsistas de Wall Street seguem com ganhos em torno de 1%, mas que são insuficientes para impedir o pior registo semanal dos últimos seis anos.

O S&P 500 iniciou a sessão a ganhar 0,96%, para os 2.606 pontos, enquanto o Dow Jones seguia a somar 0,95%, para os 24.087,49 pontos. Por sua vez, o Nasdaq apreciava 1,16%, para os 6.855,86 pontos.

Desde o máximo histórico de 26 de janeiro, tanto o Dow Jones como o S&P 500 já recuaram mais de 10%, sendo que em duas sessões desta semana, o índice industrial perdeu mais de mil pontos em cada uma delas.

Caso o Dow Jones encerre a sessão em queda, terá provavelmente o pior registo semanal desde o espoletar da crise financeira em outubro de 2008.

No centro das fortes quedas dos índices bolsistas dos EUA tem estado a subida das yields da dívida soberana norte-americana devido ao crescendo das expectativas de que o bom desempenho da economia norte-americana venha a provocar uma aceleração da inflação e reforçar o cenário de aumento das taxas de juro neste ano.

De salientar pela positiva que nesta sexta-feira, a Câmara dos Representantes aprovou o acordo orçamental para dois anos, depois de a proposta ter sido aprovada pelo Senado, mas que foi ameaçada por um novo shutdown dos serviços federais que durou contudo apenas duas horas.

No seu email. Sem contraindicações.

De segunda a sábado, consulte os especialistas em Desporto, Atualidade, Entretenimento, Tecnologia, Lifestyle e Motores.