Wall Street dá a volta e fecha em alta

O industrial Dow Jones fechou claramente acima da nova fasquia dos 23 mil pontos e o Nasdaq registou a maior queda das últimas três semanas.

O industrial Dow Jones fechou claramente acima da nova fasquia dos 23 mil pontos e o Nasdaq registou a maior queda das últimas três semanas.

As bolsas norte-americanas abriram a sessão desta quinta-feira no vermelho, mas acabaram por dar a volta e fechar acima da linha de água, à exceção do tecnológico Nasdaq.

O índice de referência S&P 500 encerrou a subir 0,03%, para os 2.562,10 pontos, enquanto o industrial Dow Jones, que chegou a perder 0,45%, acabou por fechar a ganhar 0,02%, mantendo-se claramente acima da nova fasquia, nos 23.163,04 pontos.

O índice industrial foi impulsionado, sobretudo, pela General Electric, que apresenta os resultados do terceiro trimestre na terça-feira. O mercado está otimista e antecipa um aumento de 10% nas receitas.

Já o Nasdaq fechou no vermelho, a cair 0,29%, para os 6.605,07 pontos. Esta foi a maior queda deste índice nas últimas três semanas, num dia em que as ações das tecnológicas sofreram quebras expressivas e em que os investidores procurar ativos mais seguros. O ouro valoriza mais de 0,6%, para os 1.289 dólares a onça.

A penalizar as bolsas esteve também o mercado das matérias-primas, num dia em que o petróleo registou quedas superiores a 1%, depois de os Estados Unidos terem anunciado um aumento das reservas de gasolina. O West Texas Intermediate (WTI), negociado em Nova Iorque, perdeu 1,2% e negoceia nos 51,40 dólares o barril.