Wall Street contraria Europa. Só as tecnológicas caíram

Dois dos principais índices norte-americanos fecharam o dia com ganhos tímidos, enquanto o setor tecnológico recuou ligeiramente numa sessão de pouca liquidez.

Depois de abrirem sob pressão, as bolsas norte-americanas recuperaram e fecharam com ganhos ligeiros, à exceção do setor tecnológico. Walll Street conseguiu, assim, contrariar a pressão vendedora do outro lado do Atlântico, num dia marcado pelo eclipse solar que foi visível em vários pontos dos EUA.

Enquanto o tecnológico Nasdaq recuou 0,05% para 6.213,13 pontos, tanto o S&P 500 como o Dow Jones subiram. O S&P 500 avançou 0,04% para 2,426,63 pontos, já as empresas industriais do Dow Jones resistiram ao corrigir dos preços do petróleo, com o índice a avançar 0,07% para 21.689,40 pontos.

Wall Street em baixa à espera de Janet Yellen

No mercado petrolífero, o dia foi de perdas superiores a 2%. O barril de crude em Nova Iorque desvalorizou 2,27% para 47,41 dólares, enquanto em Londres o contrato de Brent caía 2,01% para 51,66 dólares o barril.

Com a época de apresentações de resultados na reta final, os investidores aguardam com expectativa o discurso de Janet Yellen esta sexta-feira, na conferência anual Jackson Hole, organizada pela Fed do Estado norte-americano do Kansas, numa altura em que a baixa taxa de inflação começa a criar receios sobre novas subidas da taxa de juro.