Startup Guide lança plataforma para lançar startup em qualquer parte do mundo

Projeto lançado em Berlim em 2014, e que publica guias sobre o ecossistema empreendedor, lança agora uma plataforma para tornar mais rápida e fácil a transformação de ideias em negócios.

Projeto lançado em Berlim em 2014, e que publica guias sobre o ecossistema empreendedor, lança agora uma plataforma para tornar mais rápida e fácil a transformação de ideias em negócios.

A Startup Guide, empresa que cria, desenvolve e comercializa os guias europeus com o mesmo nome, acaba de lançar uma plataforma online, Startup Everywhere, que pretende tornar mais fácil construir uma startup do zero, em qualquer cidade do mundo.

A plataforma foi criada tecnologicamente em Portugal e serve de conector aos atores do ecossistema, quer estejam em Lisboa, Nova Iorque, Londres ou Bangalore. Ou noutra parte do mundo. “Estamos a usar a nossa primeira ronda de investimento externo para escalar a plataforma Startup Guide de maneira a que os utilizadores por todo o mundo tenham tudo o que precisam para construir uma startup viável e moldar o próprio futuro, com as próprias mãos”, diz Sissel Hansen, CEO da Startup Guide, em comunicado.

A Startup Guide anuncia esta novidade no mesmo dia em que se conhece a notícia de uma ronda de investimento de 250 mil euros — de investidores desconhecidos –, que vai permitir à startup escalar o novo projeto globalmente. “O lançamento desta nova plataforma é um passo significativo no caminho que a Startup Guide quer percorrer no que toca a construir um conjunto de conteúdos e ferramentas compreensíveis que permitam às pessoas transformar a ideia da sua startup em realidade de forma mais fácil e rápida”, acrescenta a alemã, agora a viver em Portugal.

Parte da equipa da Startup Guide. Sissel, CEO, é a segunda da esquerda, da fila de trás.D.R.

O projeto da Startup Guide — que, em outubro anunciou a abertura da primeira loja em Lisboa — é resultado de vários anos de pesquisa, análise e mais de 1.000 entrevistas a startups, especialistas e investidores. Com a ajuda das comunidades de startups locais, o projeto transportou-se de cidade em cidade — num total de 17, entre europeias e do Médio Oriente — para escrever e publicar guias sobre os ecossistemas nacionais, em cada uma das localizações, durante o último ano e meio.

Lisboa foi uma das últimas escolhidas para ter um guia, mas a lista conta com cidades como Berlim, Londres, Copenhaga, Telavive, Viena e Paris. A equipa da Startup Guide conta atualmente com 20 pessoas, divididas entre os escritórios de Lisboa e de Berlim.