REN no mercado para emitir 300 milhões a dez anos

A empresa liderada por Rodrigo Costa vai partir em roadshow. Quer atrair investidores para uma emissão de dívida a dez anos com a qual conta obter 300 milhões de euros.

A empresa liderada por Rodrigo Costa vai partir em roadshow. Quer atrair investidores para uma emissão de dívida a dez anos com a qual conta obter 300 milhões de euros.

A Redes Energéticas Nacionais (REN) vai fazer um roadshow com o qual procura atrair investidores para uma emissão de dívida de longo prazo. De acordo com a Bloomberg, a empresa liderada por Rodrigo Costa pretende colocar obrigações a dez anos, operação com a qual espera financiar-se em 300 milhões de euros.

Segundo a agência noticiosa, a operação de charme para aferir o apetite dos investidores pelos títulos de dívida vai arrancar a 8 de janeiro, ou seja, na próxima semana. Barclays, Deutsche Bank, HSBC, BPI, BCP e Haitong vão realizar o roadshow e a colocação da emissão.

Nesta operação, a empresa quer colocar títulos com maturidade a dez anos, refere a Bloomberg, citando fontes próximas do processo que não quiseram ser identificadas. A meta será a de obter 300 milhões de euros.

O ECO tentou confirmar a informação junto da gestora das redes de energia mas não foi possível, até ao momento, obter qualquer esclarecimento por parte da cotada.

A REN conta com ratings de qualidade nas principais agências de notação financeira internacionais. Tem um rating de Baa3 na Moody’s, de BBB- na S&P e de BBB na Fitch.

No seu email. Sem contraindicações.

De segunda a sábado, consulte os especialistas em Desporto, Atualidade, Entretenimento, Tecnologia, Lifestyle e Motores.