Membros da Fed apoiam subida gradual dos juros nos EUA

As minutas da última reunião da Fed revelaram que os membros da autoridade monetária dos EUA estã preocupados com a baixa inflação. Mas a maioria apoia novas subidas de juros, embora graduais.

As minutas da última reunião da Fed revelaram que os membros da autoridade monetária dos EUA estã preocupados com a baixa inflação. Mas a maioria apoia novas subidas de juros, embora graduais.

A Fed fechou o ano com uma subida de juros. E está preparada para continuar o processo de normalização da política monetária, revelam as minutas da última reunião. Isto apesar da baixa taxa de inflação nos EUA.

A maioria dos membros da Fed reiterou o apoio “à manutenção da subida gradual das taxas de juro“, referem as minutas da reunião de 12 e 13 de dezembro em que a taxa diretora foi revista em alta em um um quarto de ponto percentual.

A perspetiva é de que a Fed suba os juros três vezes, este ano, apesar de alguns membros da Fed alertarem para a baixa taxa de inflação na maior economia do mundo.

A inflação esteve no centro das atenções, mas no encontro foi também discutido o risco de a Fed ter de acelerar a subida das taxas de juro. “Os riscos incluem a possibilidade de a pressão inflacionista aumente caso o crescimento económico acelere muito mais” em resultado da reforma fiscal de Trump.

De segunda a sábado,

consulte os especialistas em Desporto, Atualidade, Entretenimento, Tecnologia, Lifestyle e Motores.