Iogurteira em cortiça é a nova aposta da Amorim Cork Ventures

Depois da Sugo e d'ASPORTUGUESAS, a Amorim Cork Ventures apoia uma nova startup que está a desenvolver uma iogurteira ecológica e multifunções feita de...cortiça.

Depois da Sugo e d'ASPORTUGUESAS, a Amorim Cork Ventures apoia uma nova startup que está a desenvolver uma iogurteira ecológica e multifunções feita de...cortiça.

A incubadora da líder mundial da cortiça está imparável. Depois de apoiar ASPORTUGUESAS, a SUGO Cork Rugs e a Grõwancork, a Amorim Cork Ventures surge agora a dar o seu apoio a uma iogurteira ecológica, a YogurtNest.

A YogurNest foi desenvolvida pela PrimaLynx- Sustainabel Solutions, a mais recente startup apoiada pela Amorim Cork Ventures, é feita em materiais naturais e renováveis — como a cortiça e o algodão — e apresenta-se como uma alternativa saudável, económica e sustentável às iogurteiras convencionais.

Miguel Leal, fundador da PrimaLynx e o mentor da criação, diz que “a minha principal preocupação no desenvolvimento do YogurtNest foi conceber uma iogurteira que tornasse o iogurte mais acessível, cujo funcionamento não tivesse um impacto negativo no meio ambiente e que o resultado final fosse um produto natural e saudável.” E acrescenta: “A cortiça foi o material que nos permitiu cumprir, com sucesso, todos estes requisitos.”

Já Paulo Bessa, diretor-geral da Amorim Cork Ventures refere que: “A YogurtNest é um produto verdadeiramente interessante, que evidencia as inúmeras vantagens associadas à utilização da cortiça, sendo de realçar o seu contributo para a denominada economia de baixo carbono e economia circular, a par da promoção de uma alimentação saudável”. “A PrimaLynx apresenta, assim, um produto de grande valor acrescentado, que acreditamos ter um potencial de crescimento nacional e internacional e foram estas as razões que nos levaram a investir neste projeto”, acrescenta.

A IogurtNest permite preparar iogurte em seis horas, sem dependência da eletricidade.

Uma iogurteira que nasce no meio das colmeias

A ideia de criar esta iogurteira surgiu quando Miguel Leal estava ligado a uma empresa de colmeias. Miguel queria acrescentar valor aos desperdícios de madeira resultantes da produção de colmeias, e pensa em utilizar a serradura para criar uma iogurteira natural. A ideia, apesar de boa, não resultaria. Miguel não desiste da ideia, e troca a serradura por granulado de cortiça. Surge então a IogurtNest.

Miguel Leal adianta que o “que à partida, parece um bonito saco pode revolucionar a forma como consumimos um dos alimentos mais populares do nosso Planeta, o iogurte“. O mentor do projeto adianta ainda que: “O YogurtNest é feito de cortiça e algodão e faz um iogurte nutritivo com um sabor que nos remete para a nossa infância. Tem por base uma ideia natural”.

Mas a IorgurtNest não é apenas uma iogurteira, assumindo-se como uma ferramenta de culinária multifunções, na medida em que pode ser usada como uma estufa slow cooker, que permite cozinhar arroz, massas, sopas e estufados, economizando energia. A estas funções acresce ainda a possibilidade de poder ser usada como mala térmica.

A PrimaLynx foi constituída em agosto de 2016, e desde então a equipa tem participado em diferentes eventos e apresentado a IogurtNest em workshops de norte a sul do país, mostrando as funcionalidade e versatilidade do produto.

A aquisição da iogurteira pode ser feita, a partir desta quarta-feira, no website da marca (www.yogurtnest.com) e em inúmeras lojas multimarca de produtos naturais, com um preço que varia entre os 35 euros (versão large) e 33,50 euros (versaõ baby).