Constituição de empresas em Portugal sobe 8,6% até outubro

Barómetro da D&B Informa mostra que desde maio que o número de constituições de empresas vem a aumentar. Serviços, alojamento e restauração são os setores onde surgem mais empresas.

Barómetro da D&B Informa mostra que desde maio que o número de constituições de empresas vem a aumentar. Serviços, alojamento e restauração são os setores onde surgem mais empresas.

A consultora Informa D&B anunciou esta quinta-feira que a constituição de empresas subiu 8,6% até outubro, face a igual período do ano anterior, fixando-se em 34.292 novos negócios.

“Depois de um início de ano instável, desde maio que o número de constituições tem vindo a crescer”, refere o ‘Barómetro Informa D&B’ hoje divulgado.

O setor dos serviços, com 11.155 nascimentos e o de alojamento e restauração, com 4.244 foram onde se verificaram um maior número de constituições.

À semelhança de 2016, o distrito de Lisboa mantém a liderança no crescimento das constituições de empresas e outras organizações (14,8%), com os distritos de Setúbal (18,6%) e Faro (19,0%) também a apresentaram um crescimento acentuado.

O distrito do Porto, segundo maior distrito em empresas, inverte a tendência decrescente de 2016, subindo já de forma mais significativa (3,9%).

Já o número de encerramentos, registados entre janeiro e outubro, recuou 3,3%, face ao mesmo período de 2016, apresentando “uma redução consistente desde abril”.

Nas novas insolvências, sinaliza, o ciclo de descida iniciado em 2013 manteve-se nos primeiros 10 meses de 2017 sendo generalizado aos vários setores e regiões do país.

A percentagem de empresas que cumpre os prazos de pagamento acordados (15,9%) registou a maior redução dos últimos dois anos e meio, acrescenta.