Balsemão sobre venda das revistas: “Seremos concorrentes mas também parceiros”

Numa nota enviada aos trabalhadores, a que o ECO teve acesso, o presidente do grupo Impresa encara o futuro "com otimismo e entusiasmo". Empresa acabou de vender as revistas a Luís Delgado.

Numa nota enviada aos trabalhadores, a que o ECO teve acesso, o presidente do grupo Impresa encara o futuro "com otimismo e entusiasmo". Empresa acabou de vender as revistas a Luís Delgado.

O presidente executivo do grupo Impresa IPR 0,00% , Francisco Pedro Balsemão, encara o futuro da companhia “com otimismo e entusiasmo”. “O nosso mundo, o dos media, está em constante mutação e é imperioso adaptarmo-nos e sermos mais disruptivos que os restantes”, afirma o gestor numa nota enviada aos trabalhadores, a que o ECO teve acesso.

A dona da SIC concluiu esta segunda-feira, 1 de janeiro, a venda da esmagadora maioria do segmento de publishing à Trust in News, detida pelo empresário Luís Delgado. Entre os títulos vendidos pela Impresa estão as revistas Caras e Visão. O montante do negócio não foi revelado e ficam de fora do negócio o semanário Expresso e a revista Blitz.

“Com esta mudança, seremos mais ágeis, mais fortes e estaremos mais preparados para o futuro”, assume o líder da Impresa na mesma nota. “Passamos, assim, a partir de agora, a centrar a nossa atividade nas duas marcas mais fortes do grupo: o Expresso e a SIC. São dois blocos sobre os quais construímos o nosso caminho. É a partir deles que inovaremos e criaremos novos produtos e serviços”, refere.

A venda das revistas deverá trazer maior liquidez à empresa de Francisco Pedro Balsemão, que volta agora as atenções para o segmento audiovisual e para o digital. “Mantendo sempre os nossos alicerces firmes — a qualidade, a confiança, a independência — acredito que seremos bem-sucedidos”, refere o empresário no email enviado aos funcionários.

Francisco Pedro Balsemão continua, desejando “felicidades a todos os que partem para a nova empresa”. “Seremos concorrentes mas também parceiros em determinadas ocasiões, e nos primeiros meses partilharemos até o mesmo espaço em Paço de Arcos; acima de tudo, estaremos do mesmo lado no que respeita à vontade de ver crescer o setor da comunicação social”, indica. E termina com “uma palavra de gratidão e de força” para “os que continuarão a contribuir e a trabalhar na causa Impresa”.

No seu email. Sem contraindicações.

De segunda a sábado, consulte os especialistas em Desporto, Atualidade, Entretenimento, Tecnologia, Lifestyle e Motores.